player rádio player rádio
Viagra Cialis Cialis Levitra Cialis Levitra Levitra Viagra Levitra Cialis Viagra Viagra Super Active Viagra Generisk Cialis Gel Generisk Levitra cialis pris Kamagra Gel Viagra Soft kamagra oral jelly cialis generisk viagra online viagra online Generisk Viagra
PRINCIPAL > PARÓQUIAS E COMUNIDADES > Pe. Pedro Leonides: “Somos chamados como cristãos a termos compaixão”.

Pe. Pedro Leonides: “Somos chamados como cristãos a termos compaixão”.

Celebramos no sábado, dia dezessete de julho, na Paróquia Sagrada Família, o nono dia da Novena em honra à Sagrada Família. O Frater Alexandre, msf conduziu a novena auxiliado pelos noiteiros: as Comunidades de Santo Antônio, Nossa Senhora Rainha da Paz (Umburana Um), Nossa Senhora das Graças (Umburana Dois), Imaculada Conceição (Marreca), a Equipe de Animação Missionária e a Pastoral Familiar. A reflexão da noite foi sobre o tema “A Sagrada Família e sua missão dentro da comunidade”.

A Santa Missa foi presidida pelo Pe. Pedro Leonides, msf Pároco da Paróquia São José, da cidade de São Francisco e concelebra pelo nosso Pároco Pe. Laurindo Aguiar, msf e Pe. Herbert Rohleder, msf. Presentes também o Fr. Guilherme, msf e o Fr. Alexandre. Ainda os Irmãos Marleson, msf, do Estado de Pernambuco e Lucas, msf, do Estado do Rio Grande do Sul, seminaristas que acompanhavam o Pe. Pedro.

Padre Pedro cumprimentou toda a comunidade paroquial, a comunidade religiosa e os irmãos. Falou-nos da alegria de celebrar a festa da Paróquia e os seus 25 anos de Ordenação Sacerdotal. Reflitamos um pouco sobre a sua homilia nesta noite:

“Reunidos em torno da Sagrada Família, que é um tesouro espiritual, inspiradora dessa Paróquia, sinto-me em casa ao retornar aqui e concelebrar com meus confrades Pe. Herbert, com quem fizemos uma caminhada de formação; Pe. Laurindo, que com zelo assume essa Paróquia e os irmãos que representam essa geração nova, que se somou a nós Missionários da Sagrada Família, que está aqui em Januária, bebendo dessa riqueza que a Paróquia Sagrada Família tem a oferecer e ao mesmo tempo compartilhando o que eles já podem oferecer como Missionários da Sagrada Família. Fico alegre em encontrar com vocês e compartilhar desse momento em que a Paróquia celebra mais um ano de sua história, de sua missão e com quem eu compartilho também com essa comunidade Paroquial, da minha vida e do ministério ao qual me foi confiado. A liturgia de hoje nos chama à atenção para uma realidade muito presente em nossas vidas. O profeta Jeremias chama-nos atenção para a falta de zelo dos pastores, como que censurando os pastores pela falta com que estão lidando com o povo. Povo este que já vivia sem rumo, desorientado. No entanto, esse profeta não deixa o povo com uma palavra apenas de censura, mas também desperta o sonho, porque diz que o próprio Senhor virá para pastorear o seu povo e colocar pastores para apascentar este rebanho, cercando de cuidado. A Palavra de Deus ao mesmo tempo censura, ‘puxa a orelha’, mas também desperta o sonho, a esperança de um povo.”

“É importante percebemos a sensibilidade de Deus, que na pessoa do profeta está a favor do seu povo e desperta a esperança. Passando para o Evangelho, nós percebemos aqui, Jesus sendo essa presença que Deus prometeu junto ao seu povo. Os discípulos missionários voltando da missão partilharam tudo o que tinham experimentado, estavam cansados, a missão é desgastante. Jesus percebeu isso e chamou-os para descansar em um lugar tranquilo. Mas o povo chegou à frente e aí o texto diz que, Jesus teve compaixão desse povo, porque o povo vivia feito ovelhas sem pastor. Ligando o tempo do profeta, cuja leitura nós ouvimos, com o tempo de Jesus há algo semelhante, um povo que vive como ovelhas que não tem pastor. E se nós ligarmos com o tempo em que estamos vivendo hoje, vamos perceber que povos inteiros ainda vivem como ovelhas que não têm pastor. E aqui então é que a Sagrada Família, que vai proporcionando a realização da história de um Deus que ama, se torna um lugar propício para que possamos fazer a experiência do encontro daquele que veio como um pastor para apascentar o seu rebanho. O profeta Jeremias diz que Jesus é aquele que vai reinar. É o Senhor da justiça, e nós precisamos receber em nossas vidas esse Senhor, pois o mundo ainda carece de justiça. O evangelho menciona Jesus como aquele que teve compaixão. E o que significa ter compaixão? É muito mais que sofrer com alguém que está sofrendo. Ter compaixão é algo que sai das entranhas e saiu das próprias entranhas do Cristo. Jesus se comoveu, ele realmente sentiu algo tão forte, um desejo de querer ajudar alguém. Isso realmente mexe conosco também, porque às vezes a gente passa pelos caminhos da vida e encontra irmãos nossos, corremos o risco de sermos indiferentes, mas somos chamados como cristãos, a termos compaixão, porque muitas vezes encontramos irmãos e irmãs que vivem como ovelhas que não tem pastor”, refletiu o Padre.

“Celebrar 25 anos de ministério, de ordenação sacerdotal, só tem significado se estiver ligado à vida das comunidades, a essa pastoral que o Senhor nos confiou. Por isso não é mérito meu celebrar mais um ano, ou celebrar essa data especial dos 25 anos. Mas eu compartilho com vocês do sabor de estar realmente nesta caminhada, apesar dos desafios que enfrentamos, porque tenho convicção de que se não fosse as orações de vocês, esse incentivo testemunhado no dia a dia por quem acredita de mim mesmo, não teria condições para prosseguir. Oxalá possamos viver esse sonho de Deus, que na pessoa de Jesus, quer que todos vivamos unidos, como ouvimos na Carta de São Paulo aos Efésios. Que possamos realmente ser atraídos por Cristo. Ele é quem realmente une as pessoas de perto e de longe, como diz o Apóstolo. É Ele quem unifica todas as coisas e, nessa unidade, nós sim poderemos dizer com toda certeza, como o Apóstolo. Ele é o Senhor da paz. Ele veio estabelecer a paz entre nós. Vivenciando essa experiência de fé possamos acolher no íntimo de nós a paz que vem de Deus. Amém!” concluiu Pe. Pedro.

Em procissão os noiteiros ofertaram flores à Sagrada Família. Padre Laurindo, colocando as nossas vidas na proteção da Sagrada Família e também a vida e sacerdócio do Pe. Pedro, chamou-nos todos a rezar a oração do Papa Francisco à Sagrada Família. Em seguida, rezamos pelo Pe. Pedro a oração vocacional pedindo a Deus que o confirme sempre mais neste caminho, na sua doação, no seguimento a Cristo Jesus. Toda a comunidade cantou os parabéns para o Padre Pedro.

Antes da bênção final, Pe. Pedro Leonides agradeceu a todos pela acolhida. Agradeceu a Deus por esse povo a caminho e disse: “Saio como saí de outras vezes, enriquecido com essa experiência de amizade e de cultivo da espiritualidade cristã inspirada na Sagrada Família”.

Você pode conferir na íntegra essa homília e todos os dias da Novena em honra à Sagrada Família acessando o canal da Paróquia Sagrada Família de Januária, pelo Youtube.

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica completa.

Texto: Juciane Francisca / PasCom Sagrada Família

Foto: Abdias Lacerda / PasCom Sagrada Família

Fonte: www.sagradafamiliajanuaria.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Viagra generico Comprar Cialis Generico Cialis Professional Cialis Generico Comprar Cialis Original Cialis Generico Cialis Cialis Original Comprar Cialis Daily Cialis Daily Comprar Cialis Comprar Cialis comprar Kamagra Cialis Super Active Comprar Levitra Kamagra Bestellen Cialis Kopen Viagra Sildenafil Sandoz viagra pillen kopen Viagra Kopen
%d blogueiros gostam disto:
Cialis 20mg Viagra Generika Kamagra 100mg Priligy Dapoxetin viagra apotheke Cialis ohne rezept viagra rezept cialis rezept Levitra kaufen Sildenafil kaufen Viagra preis Propecia viagra bulgarien levitra generika Lida Daidaihua dapoxetin 60mg sildenafil preise Viagra Oral Jelly Levitra preis viagra pille kamagra 100mg kamagra kaufen