player rádio player rádio
Viagra Cialis Cialis Levitra Cialis Levitra Levitra Viagra Levitra Cialis Viagra Viagra Super Active Viagra Generisk Cialis Gel Generisk Levitra cialis pris Kamagra Gel Viagra Soft kamagra oral jelly cialis generisk viagra online viagra online Generisk Viagra
PRINCIPAL > PARÓQUIAS E COMUNIDADES > Pe. Genivaldo Lopes: “A família é o lugar da defesa da vida”.

Pe. Genivaldo Lopes: “A família é o lugar da defesa da vida”.

Aconteceu na terça-feira, 13 de julho, na Matriz Sagrada Família, o Quinto dia da Novena em honra à Sagrada Família. Nesta noite, a Novena foi conduzida pelo Fr. Alexandre, msf e auxiliado pelo EAC – Encontro de Adolescentes com Cristo. O tema refletido nesta noite foi “A vida religiosa da Sagrada Família”.

A Santa Missa foi presidida pelo Pe. Genivaldo Lopes, Superior Provincial da Congregação dos Missionários da Sagrada Família e concelebra pelo Pároco Pe. Laurindo Aguiar, msf e pelo Pe. Herberth Rohleder, msf. Estiveram presentes também o Fr. Guilherme, msf, o Fr. Alexandre e o Fr. Lidiomar, msf.

Reflitamos acerca da homília de Pe Genivaldo:

“É uma alegria nos encontrarmos para celebrar o Quinto dia da Novena nos preparando assim para a festa de fundação da Paróquia. São 56 anos de evangelização buscando fazer com que a palavra seja anunciada, que ela vá se transformando em pão e assim alimentando as famílias e buscando ter sempre uma ação missionária, ser uma Igreja missionária e buscando ter sempre um olhar caridoso para aqueles mais marginalizados e empobrecidos. É mais um ano que temos a graça de celebrar e agradecer por todas as pessoas que ajudaram nesse caminho de evangelização, buscando fazer com que o anúncio de Nosso Senhor pudesse chegar ao coração de cada irmão e assim fazer com que, a graça vá transbordando na vida de cada pessoa, levando à conversão para assumir de fato a sua fé”.

“Nós fomos iluminados pelo tema desta noite, sobretudo nesses tempos de pandemia. A grande missão da Igreja é fazer com que cada lar cristão seja de fato uma pequena célula da Sagrada Família. O Papa Francisco na Amoris Laetitia afirma que, a Sagrada Família é modelo para todas as famílias. Nesse tempo de pandemia muita coisa foi transformada. Devido aos impedimentos sanitários fomos convidados a vivermos a nossa Igreja doméstica, buscando cultivar um ambiente salutar, onde cada pessoa pudesse se sentir bem um ao lado do outro, buscando fazer com que um estar ao lado do outro pudesse proporcionar esse encontro como família e também, um encontro com o Senhor. Muita coisa boa aconteceu e está acontecendo e os meios de comunicação ajudaram as famílias, que estão em suas casas, a viver de fato essa experiência de Igreja doméstica. O tema desta noite é muito interessante, que são ‘Os valores da Sagrada Família’. Olhando para a Sagrada Família observamos uma família muito inserida no seu tempo e atenta naquilo que era a sua realidade cultural e religiosa. Os Santos Evangelhos nos mostram a presença da Sagrada Família no templo, em Jerusalém, na Sinagoga mostrando ser uma família muito religiosa, que vivia de fato a sua tradição religiosa, naquilo que era a religião do seu tempo”, refletiu Pe. Genivaldo.

Olhando para a Sagrada Família daquele tempo e a família de hoje, percebemos que a família precisa cultivar valores que são fundamentais. Cito cinco deles que são fundamentais: Primeiro a família precisa ter tempo para a vida de oração, não só individualmente, que é importante, mas também o encontro como família, como Igreja. Se uma família reza junto ela medita a palavra. Segundo, a leitura da Sagrada Escritura na família é muito importante, porque ajuda os pais e filhos a irem se sentindo próximo do que é fundamental e do que conhecemos como Igreja. É uma palavra, que se encarna e toma forma em Jesus de Nazaré e é dela que devemos buscar o ensinamento para a vida familiar. Uma palavra que nos remete a uma vida sacramental. Terceiro, a família precisa ter uma vida sacramental e encontrar tempo para ir à igreja, para participar da missa e buscar na Igreja aquilo que é a renovação do seu compromisso matrimonial, e também buscar o sacramento da reconciliação. Qual foi a última vez que se confessou? Que buscou o sacramento da reconciliação e assim colocou para fora os pecados, sejam eles individuais ou familiares? Temos que ter vida sacramental, porque ela nos ajuda a receber sempre a graça de Deus. O quarto ensinamento para a vida familiar é uma vivência em comunidade. A família precisa ir para a comunidade igreja e se inserir naquilo que é a caminhada eclesial de uma Paróquia, assumindo dessa forma, a sua função enquanto comunidade, senão parece que estamos vivendo uma coisa e fazendo outra. Se temos tempo para ler a palavra, buscando sempre mais ter uma vida sacramentada como família é preciso ter também um compromisso com a vida em comunidade. O quinto ensinamento, é necessário dentro da família, que haja tempo para ir conhecendo melhor o que é a Igreja. Seja com os documentos da Igreja, o Catecismo da Igreja Católica, porque isso ajuda a compreender o caminho da nossa fé, que é uma fé enraizada dentro de uma Igreja muito particular e dentro de uma caminhada concreta, que ajuda a nos inserir na construção do Reino de Deus, por meio da Igreja”.

“Conseguir fazer com que a família caminhe por esses cinco caminhos significa reinseri-la no que no tempo ela perdeu que é a família como espaço catequético. O pai e a mãe são também catequistas dos seus filhos. A chegada dos filhos na comunidade nada mais é, que a soma do que eles já trazem em seus corações e o aprimoramento do que eles já aprenderam em família. O compromisso não só dos ministros ordenados, mas de todos como Igreja é de ajudar a família a encontrar esse caminho de Igreja, de perfeição e fazer de seu lar um local abençoado. Do contrário, teremos pessoas abandonadas, assim como Moisés, como nos mostrou o Evangelho de hoje. Ele foi abandonado e perseguido desde criança. Encontrou na família a segurança e o valor da vida. A família é o lugar da defesa da vida. Moisés foi salvo e sua vida foi preservada. Nessa grande travessia da vida nós devemos ajudar as famílias a passarem pelo vale de lágrimas, para que possam encontrar a libertação, vencendo os desafios e deixando que a presença de nosso Senhor vá sempre mais libertando e protegendo”.

“Jesus na leitura de hoje, faz uma advertência às cidades por onde ele passou e que não foi bem acolhido e sua mensagem não foi compreendida. São cidades que não se converteram a experiência do encontro com o Senhor. E o Senhor lhes diz: ‘Ai de ti’. Estamos em um processo de muito evangelizar, acreditando que essa palavra entre no coração das pessoas e vá convertendo-as, mudando a vida familiar. Nós sabemos que muitos endurecem os corações e que não querem receber. O Evangelho nos mostra o que o Senhor espera. Muitas vezes o nosso coração endurecido nos impede de assumirmos a nossa condição cristã de filhos e filhas de Deus, e nos impede de seguir e entregar toda a nossa vida ao Senhor Jesus. Que nessa noite possamos pedir ao Senhor que ele mude o nosso coração. Que possamos encontrar acolhimento naquilo que a palavra nos orienta. Que na nossa vida familiar nos dediquemos a buscar e fazer com que a nossa vida seja um encontro pessoal com o Senhor e também um encontro de fraternidade, de diálogo, de respeito de reconciliação dentro da família, para que a cada dia na família possa ir crescendo o rosto da Sagrada Família. Que o Senhor nos ajude, abençoe e que possa sempre derramar o seu infinito amor e nos ajude a cumprir fielmente a missão que um dia recebemos no santo batismo”, concluiu Pe. Genivaldo. 

No momento de homenagens, os noiteiros ofertaram flores à Sagrada Família e todos juntos consagraram suas famílias rezando a oração do Papa Francisco à Sagrada Família. O Pe. Genivaldo renovou as promessas do Sacramento Matrionial do casal que nesta noite celebrou seu Jubileu de Prata.

A família de Fabiano e Gisneia agradeceu ao Pe. Genivaldo por aceitar o convite e celebrar conosco o Quinto dia da Novena.

Padre Laurindo acolheu os familiares enlutados pela missa de sétimo dia de um ente querido pedindo a Deus que os conforte. Em seguida agradeceu a presença do Pe. Genivaldo.

Ao final da Santa Missa, Pe. Genivaldo agradeceu ao convite e também à mensagem e disse que lhe fez recordar do tempo em que foi diácono na Paróquia Sagrada Família. Uma bonita recordação, que leva por toda a vida. Disse ainda que, foram poucos meses, mais muito intensos, que o ajudou a se preparar para o Ministério Presbiteral.

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica completa.

Texto: Juciane Francisca / PasCom Sagrada Família

Foto: Yale Figueiredo / PasCom Sagrada Família

Fonte: www.sagradafamiliajanuaria.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Viagra generico Comprar Cialis Generico Cialis Professional Cialis Generico Comprar Cialis Original Cialis Generico Cialis Cialis Original Comprar Cialis Daily Cialis Daily Comprar Cialis Comprar Cialis comprar Kamagra Cialis Super Active Comprar Levitra Kamagra Bestellen Cialis Kopen Viagra Sildenafil Sandoz viagra pillen kopen Viagra Kopen
%d blogueiros gostam disto:
Cialis 20mg Viagra Generika Kamagra 100mg Priligy Dapoxetin viagra apotheke Cialis ohne rezept viagra rezept cialis rezept Levitra kaufen Sildenafil kaufen Viagra preis Propecia viagra bulgarien levitra generika Lida Daidaihua dapoxetin 60mg sildenafil preise Viagra Oral Jelly Levitra preis viagra pille kamagra 100mg kamagra kaufen